Café coado e expresso: conheça quais as características que eles oferecem

Café coado e expresso: conheça quais as características que eles oferecem

A segunda bebida mais consumida no Brasil é também um sinônimo de saúde. Independente da forma de preparo, o café tem propriedades capazes de prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida.

Pequenas quantidades de cafeína possuem potássio, zinco, ferro, magnésio e diversos minerais. Considerado uma bebida diurética e termogênica, contém substâncias antioxidantes que ajudam a eliminar os radicais livres do organismo.

Entre os grãos de café mais comuns consumidos pelos brasileiros, existem algumas propriedades individuais.

Café Arábica: inclui benefícios oxidantes que previnem o envelhecimento precoce das células e diminuem o desenvolvimento de células cancerígenas.

Café Robusta: possui níveis de cafeína mais acentuados, aumenta o nível de energia.

Características de cada preparo

Os brasileiros estão mais habituados ao consumo do café coado e expresso, que possuem características distintas e inconfundíveis.

Café expresso

– Preparo: com grãos moídos na hora é preparado através de pressão em máquina especial.

– Cafeína: possui menor quantidade por ficar pouco tempo em contato com a água.

– Cremosidade: é mais denso e consequentemente mais cremoso, por isso possui uma espuma característica.

Sabor: mais forte, consistente e concentrado, devido a quantidade maior de pó que se utiliza no preparo.

Café coado

– Preparo: coado em filtro de papel ou tecido.

– Cafeína: possui maior concentração de cafeína, dependendo da quantidade de café utilizado durante o preparo.

– Cremosidade: menos denso e cremoso, por ficar mais tempo em contato com a água.

Sabor: agradável, mais suave que o café expresso.

Componentes

O grão do café oferece uma série de componentes que trazem benefícios para a saúde e mesmo em diferentes formas de preparo, contém no máximo 2,5% de cafeína. Dentre alguns nutrientes, encontramos:

– Ácidos clorogênicos: tem a função de antioxidante e representa de 7 a 10% no café. Essas substâncias também são antibacterianas, antivirais e anti-hipertensivas.

– Niacina: uma vitamina do complexo B.

– Minerais: como o potássio, magnésio, cálcio, sódio, ferro, manganês, rubídio, zinco, cobre, estrôncio e outros.

– Aminoácidos: alanina, arginina, asparagina, cisteína, glicina e outros.

– Lipídeos: como triglicerídios e ácidos graxos livres.

– Açúcares: como sucrose, glicose, frutose, arabinose, galactose, maltose e polissacarídeos 

Benefícios

– O café evita a retenção de líquidos por possuir um efeito diurético, ajudando na perda de peso e queima de gordura;

– Ajuda na concentração e dá mais energia por ser um estimulante psicoativo;

– Evita a cirrose quando consumido sem exageros;

– Oxidante natural que protege a pele dos radicais livres que causam o envelhecimento prematuro;

– Reduz o risco de diabetes tipo 2 pois possui antioxidantes que favorecem no controle da glicemia;

– Reduz os efeitos da doença de Parkinson por aumentar os níveis de dopamina no cérebro, aliviando tremores e recuperando movimentos;

– Combate a depressão deixando você mais feliz, pela ação da dopamina;

– Reduz riscos de câncer por possuir antioxidantes e minerais que evitam a alteração das células;

– Protege o sistema respiratório por possuir efeito broncodilatador, contribuindo para a redução da fadiga dos músculos respiratórios.

O café expresso é mais benéfico a saúde e seus nutrientes são absorvidos pelo organismo mais rapidamente, por isso é a principal pedida para quem quer iniciar o dia com mais energia.

Fonte: www.pontodoscafes.com.br